Minhas Compras
cesta vazia
TELEVENDAS: (41)3253-3035
| | | | |
16/10/2019 05:03:23 hs
busca: Veja como melhorar a Busca
border=0
 CATÁLOGO
border=0
 Revivendo
border=0
 Again
border=0
 BIOGRAFIAS
border=0
 Nacionais
border=0
 Internacionais
border=0
 ALMANAQUE
border=0
 Reportagens
border=0
 Registros
border=0
 Curiosidades
border=0
 A PRODUTORA
border=0
 História
border=0
 Leon Barg
border=0
 Acervo
border=0
 Localização
border=0
 LINKS
border=0
 Links de MPB
border=0
border=0
border=0
border=0
Chico Viola Última Fase de Ataulfo Alves Ganha Reedição Assis Valente Revive Coletânea Festeja Centenário de Nascimento de Assis Valente, Autor de Brasil Pandeiro´ Por Mauro Ferreira Revivendo o Passado Luiz Gonzaga, o Eterno Rei do Baião Cem Anos de Braguinha Rendem Homenagens no Rio e em Sp Coletânea Traz Raridades de Carmen Para o Cd Raridades de Carmen Miranda, Braguinha: 100 Anos de Alegria Dicionário Gonzagueando, de a a Z Por Assis Angelo (livro)
Reportagens
Mais Reportagens
Última Fase de Ataulfo Alves Ganha Reedição
Assis Valente Revive
Coletânea Festeja Centenário de Nascimento de Assis Valente, Autor de Brasil Pandeiro´ Por Mauro Ferreira
Revivendo o Passado
Luiz Gonzaga, o Eterno Rei do Baião
Cem Anos de Braguinha Rendem Homenagens no Rio e em Sp
Coletânea Traz Raridades de Carmen Para o Cd
Raridades de Carmen Miranda,
Braguinha: 100 Anos de Alegria
Dicionário Gonzagueando, de a a Z Por Assis Angelo (livro)
...veja mais
Chico Viola

Até o dia 27 de setembro de 1952, eu achava que cantor brasileiro não morria. Daí, Francisco Alves foi e morreu num desastre de carro.  
 
Al Jolson, que eu conhecia de filme e disco, mas achava que, na verdade, era o ator Larry Parks, tinha morrido em 1950.  
 
Mas isso, na minha cabeça, como tanta coisa da época, era apenas mais uma coisa de americano.  
 
Com certeza, na próxima semana, em um terceiro filme do ciclo biográfico da Fox, Jolson surgiria cantando com a cara, o corpo e os trejeitos do Larry Parks.  
 
Francisco Alves foi meu primeiro cantor brasileiro morto. Morreu num sábado na estrada entre Rio e São Paulo.  
 
Nos rádios ligados – e estavam todos ligados – só tocavam Cinco letras que choram (Adeus), do Silvino Netto, o popular comediante mais conhecido como Pimpinela.  
 
Na segunda-feira, Francisco Alves foi enterrado no cemitério São João Batista, no Rio. Foi o maior engarrafamento de trânsito em muitos anos.  
 
Nas rádios, o repertório de Chico Alves foi aumentando. Neste ponto, sou obrigado a confessar que Chico Alves não era meu cantor favorito.  
 
Por cantor favorito entenda-se que a escolha se limitava a Sílvio Caldas, Orlando Silva e o falecido. Eu era do time do Sílvio Caldas, apodado "o Caboclinho Querido". Inclusive em matéria de repertório.  
 
Aquarela do Brasil e Boa Noite, Amor, no meu entender, eram infinitamente superiores às gravações do "Rei da Voz".  
 
Na época, Orlando Silva ("o Cantor das Multidões") ainda não havia gravado nem uma nem outra, não havia como comparar.  
 
Tinha um camarada chatíssimo, João Dias, que cantava igualzinho ao Chico Viola, só que não chegava lá em cima, nos agudões, onde a coisa fica mais complicada.  
 
Hoje em dia, o que tiver de Chico Alves, eu quero.  
 
Saiu, pela simpática etiqueta Revivendo, de Curitiba, uma caixa com quatro CDs do Francisco Alves em quatro de suas manifestações em disco (ele gravou 983 fonogramas): seresteiro, sambista, carnavalesco e cantor de versões – esta última encarnação terrível de aguentar. Mas eu aguento, ouço e reouço.  
 
Nesse meio século, aprendi algo muito importante: cantor brasileiro morre. Vou mais longe: todo mundo morre. Na vitrola – sim, vitrola – pois, Cinco letras que choram.  
 
Ou melhor, O silêncio do cantor, de David Nasser e Joubert de Carvalho, que Sílvio Caldas gravou depois, ou o Chico Viola, de Wilson Batista e Nássara.  
 
Ivan Lessa  


 Lançamentos
border=0
 Promoções
border=0
 Novidades
border=0
 DVDs
border=0
 CDs/DVDs Religiosos novo
border=0
 Destaques
border=0
 Futuros Lançamentos
border=0
 Catálogo por Gravadoras
border=0
 Gênero Musical
border=0
 World Music
border=0
 Download do Catálogo
border=0
 Cadastre seu e-mail
border=0
border=0
border=0
Revivendo Musicas - 22 anos preservando a Musica Popular Brasileira
Raul seixas Mpb Nelson gonçalves carlos ramires Cascatinha Christian e ralph FEVERS Pixinguinha Gonzagão Grever Dalva de oliveira Lunar Teca Tonico e tinoco Caim Serestas Sertanejos Nilton cesar Orlando silva Orquestra
página inicial | fale conosco | ajuda | cadastro | política de privacidade e segurança

© Copyright 1987-2015 Revivendo Músicas Ltda. - Todos os Direitos Reservados
As logos Revivendo® e Again® são marcas registradas da Revivendo Músicas Ltda.
A manutenção, a distribuição e a comercialização dos produtos encontrados neste site
é feito por Barg Comércio de Discos e Acessórios Musicais Ltda.
Os preços dos produtos podem sofrer alteração sem aviso prévio.